16 março 2013

Entrevista com Glaucia Santos

Entrevista com



Amantes de Livros esta em festa . Uma das entrevistas mais aguardadas esta no ar . Espero que gostem tanto quanto eu . 
Antes de iniciar não posso deixar de agradecer mais uma vez a Glaucia que sempre é um amor , e ultimamente me ouve paciente e me aconselha :) 


1-      Como surgiu a vontade de se tornar escritora ?

Bem, não foi exatamente uma vontade de ser escritora. Acho que aconteceu sem eu perceber. Havia acabado de ler a Saga Crepúsculo e não gostei do final. Sabe quando você lê um livro ou assiste um filme e se sente inquieto? Eu estava assim. Não conseguia parar de pensar que as coisas poderiam ser diferentes. Então comecei a procurar por uma continuação ou algo que me desse esperança. Foi nesse momento que encontrei as fanfics e comecei a ler desesperadamente. Mas o problema era o mesmo. Ou as fanfics não possuíam um final ou acabavam de forma estranha.
Comecei a me inquietar ainda mais e resolvi escrever o meu próprio final. Quando comecei a escrever “Sol da minha vida” não sabia como terminaria, mas queria muito fazer. Em poucos dias já tinha feito uma trama inteira e comecei a postar.
Quem é autor de fanfic sabe a delícia que é receber os comentários. Torna-se viciante para o autor. Assim eu postava e lia os meus comentários, ficando cada vez mais motivada. Quando terminei essa fanfic, comecei em seguida outra, e outra, e outra... E não parei mais. Esse foi o meu começo como autora. Apenas buscava satisfazer a minha inquietação e descobri um dom. Foi algo surpreendente. 


2 -      Como foi o processo para escrever Para sempre ? Quanto tempo demorou para estar finalizado ?


Essa foi uma trama diferente. Era um desafio e eu apostei muito. Tentei publicar Opposing Souls e recebi muitas portas fechadas. Uma das editoras praticamente me acusou de plágio e disse que nunca publicaria uma fanfic. Fiquei muito decepcionada e parei de escrever. Meses e meses sem escrever nada, afundada em tristeza. Um dia decidi fazer algo totalmente original e diferente. Foi quando nasceu Para Sempre, baseado em uma música.

Eu estava no ônibus, ouvindo Por enquanto, enquanto comecei a fazer um filme em minha mente, montando cada capítulo. A ideia estava engavetada há tempo, mas quando comecei a pensar sobre ela, acabou tomando um rumo diferente.

Depois do primeiro capítulo, mudei a narrativa e mesclei passado com presente. Confesso que ficou lindo e foi um desafio. É muito difícil escrever em dois tempos verbais e em determinado momento acabava me perdendo.

Todo o processo de escrita deve ter demorado em torno de 3 meses. Acho que até demorou demais, porque tive alguns problemas com a tendinite e dei uma parada. 


3-      Cite um trechinho que você mais gosta , vamos deixar as pessoas com mais vontade de ler "Para sempre" .   


"Não olhe para trás e não fiquei remoendo o que se passou. Não coloque a culpa em Deus e fique ressentida com Ele. Eu tive uma vida boa e não posso reclamar de nada. Tive a melhor mulher do mundo ao meu lado... E como eu te amo... Te amei... Te
amarei para sempre. Tive uma carreira bem sucedida, graças a você, filhos lindos que em encheram de orgulho e netos ainda mais maravilhosos... Fui um homem abençoado. Tive tudo!" - Por Justin


4 – Seus personagens são ricos, um encanto único, se inspirou em alguém próximo ou foram apenas fictícios ?


É difícil começar a escrever uma história, mas depois as personagens tomam vida própria. Eu praticamente “incorporo” quando os escrevo. Não me baseio em pessoas que conheço, mas costumo usar coisas que vi ou que vivi.

Nesse livro tem muitas coisas que vi ao longo da vida. Algumas coisas aconteceram com pessoas próximas, como por exemplo a história do pintinho. Ela é real, apesar de alguma pessoas acharem boba.


5-   Qual foi sua maior dificuldade para a publicação do livro?? E como venceu os obstáculos ?


Sem dúvida encontrar uma editora que aposte em você e resolva investir. Muitas portas estavam fechadas e foi muito difícil, devo dizer. Mas todo o processo de publicação é estressante. Quando finalmente recebi os livros, estava muito estressada em com problema de pressão. Foram longos meses de estresse até o sonho se realizar.

Deixo como conselho para quem deseja publicar pesquisar muito. Hoje, sinceramente, acho mais fácil fazer uma publicação independente. Procure alguns autores e converse com eles. Saiba como funciona o fechamento do contrato, a revisão e a divulgação. Nada vem fácil na vida e o custo da publicação é alto. Se você acha que vai vender muito, ficar rico e famoso logo de inicio está enganado. Você tem que divulgar muito, gastar muito, fazer parceria com blogueiros e usar bastante tempo fazendo o boca a boca. Nada vem fácil, então procure quem já publicou e se informe antes de se aventurar. Posso dizer que é uma delícia e gratificante, mas tem seus contras também.


6 -   Soube que tem projeto novo pintando por ai ,  conte nos um pouquinho .  


Eu escrevi no mês de janeiro a Obra Luz da minha vida. Ela conta a história de uma violinista cega que vai trabalhar em uma filarmônica em Nova Iorque e é testemunha de um assassinato.

Em Nova Iorque Ana Maria Smith encontrará o grande amor de sua vida, um médico inglês maravilhoso, e viverá experiências maravilhosas. Mas tudo se tornará perigoso, por causa do Serial Killer que está tentando matá-la.

A trama tem personagens cativantes e apaixonantes. O leitor vai se identificar muito com eles. Também há muita comédia, que fica por parte de Zefa. Tenho certeza de que será um sucesso. Mal posso esperar para ver meu filho pronto.
Acredito que até maio eu consigo enviar para gráfica. Como não quero mais me aborrecer com publicação, resolvi fazer independente e até agora tudo está indo muito bem.


    
7 -  Como as pessoas podem ficar por dentro das novidades do seu trabalho?


No meu blog tem várias fanfics, dicas de livros e minhas redes sociais.
Eu ainda continuo publicando fanfics, apensar do tempo corrido.











8 -   Quem se interessou pelo seu livro podem adquirir como ?
 

O meu contrato com a editora chegou ao fim e não há mais exemplares de Para sempre. Pretendo fazer uma publicação independente, mas tudo depende de dinheiro e agora estou investindo em Luz da minha vida.

 
9 -   Como esta sua agenda ? Algum evento ? Convide nossos seguidores.


 As pessoas devem achar que não sou muito sociável, porque vou bem pouco a encontros. Mas trabalho bastante de segunda à sexta, às vezes fim de semana e feriado. Quando estou em casa só penso em descansar. Além disso, fazer uma tarde de autógrafo sai muito caro. Descobri em pouco tempo que para os autores nada vem fácil e guardo todo o dinheiro que consigo economizar para a próxima publicação.

Pretende ir a bienal em Setembro no Rio de Janeiro. Estou programando minhas férias para ter a oportunidade de interagir com os leitores. Então nos veremos lá.

10 - Jogo rápido =

Sonho : Escrever
Livro : Aposta perversa
Autor : Candace Camp
Musica : From this moment on
Filme : Em algum lugar no passado
Lugar : Minha casa
Deus : Tudo que sou, que tenho, que faço e que vivo.
Frase : Nem melhor, nem pior. Apenas diferente.


11 - No final deixe um recadinho para o Amantes de Livros 


O livro é o meio mais fácil para você viajar, aprender e sonhar. Leia sempre. Use o seu tempo livro para ler. Além de te ajudar com o seu senso crítico, vai melhorar muito o vocabulário e sua arguição.
Também gostaria de pedir para os leitores valorizarem os autores nacionais. Se os leitores soubessem como é difícil ser autor no Brasil, dariam mais valor as obras e ao produto nacional. Então compre livro, ao invés de baixar ebooks, indique para os amigos e familiares; e quando puder divulgue nas suas redes. Você estará contribuindo muito para a cultura nacional.






 Fiquei feliz demais te-la aqui  . Adorei saber mais sobre você e o processo de "Para sempre" , um livro que me arrancou risos e choros . Admiro demais seu trabalho . Ansiosa por "Luz da minha vida" . Sucesso sempre .


Gostaria de agradecer imensamente a Dani pelo carinho e por me ajudar com a divulgação. Não tenho como retribuir! Obrigada de coração por abrir esse espaço

Bjs no core

2 comentários:

Nanda Meireles disse...

Olá, Dani.
Adorei a entrevista. Já ouvi falar muito da Glaucia e confesso que me identifiquei com sua trajetória. Espero que ela encontre portas grandes e acolhedoras para seus próximos projetos.

Beijos
Nanda

Cantinho da Glaucia disse...

Fernanda ser autor nesse país não é fácil. Acredito que muitas já tenham passado e ainda passarão pelas dificuldades que enfrentamos. Mas ainda acredito que possa haver igualdade. Depende dos leitores insistirem com as editoras.
Dani, obrigada mais uma vez pelo carinho. Vc é sempre muito fofa.
Grata de coração.
bjs no core